SportCV - Cadastre aqui o seu CURRICULUM VITAE esportivo!Página do SportCV no FaceBookTwitter do SportCV
 
 
Convidado LoginLogoff / Registrar-se
Estatísticasv
Cadastrosv
Fale Conosco

 

Assista aqui aos videos   Alguma dúvida sobre a navegação no site? Assista aqui aos videos.
comentários
thicardoso
Thiago Alves Cardoso
Franco da Rocha/SP - Brasil
34 anos (aniversário em 21/05)
Cadastrado em 01/06/2009
Participações Consolidado/Estatísticas Agenda Treinos
 
Data:25/11/2018 (Domingo)
Largada:08:15
Evento:Duathlon do Vale 2018 - Etapa II - Sprint
Organização:HL Eventos
Local:São José dos Campos/SP
Modalidade:Duathlon Terrestre
Corrida
Percorrido:
de 5 Km
Tempo Bruto:
Tempo Líquido:
(03:51 min/km = 15,58 km/h)
Transição
Tempo Bruto:
Tempo Líquido:
Ciclismo
Percorrido:
de 20 Km
Equipamento:
Bike speed
Tempo Bruto:
Tempo Líquido:
(01:40 min/km = 35,70 km/h)
Transição
Tempo Bruto:
Tempo Líquido:
Corrida
Percorrido:
de 2,5 Km
Tempo Bruto:
Tempo Líquido:
(04:16 min/km = 14,06 km/h)
Total
Tp Bruto Tot:
Tp Líq Tot:
Número:
Class. Geral:
Qtde. Geral:
Class. Sexo:
Qtde. Sexo:
Categoria:
Class. Cat:
Qtde. Cat:
Comentários:Excelente duathlon. Recorde pessoal mais uma vez, conseguindo um desempenho muito bom no pedal, que é o meu ponto fraco.
A organização da corrida foi boa, havia mais atletas nesta etapa do que na etapa anterior em maio. Foram feitas largasas em ondas, com diferença de 5 minutos entre cada onda. Primeiramente largaram os atletas da distãncia standard, depois Sprint feminino, Sprint masculino e revezamento.
A hidrtatação estava boa e a sinalização também. Só senti falta do tapete de checkin na distância final de 2,5K. E essa falta fez toda diferença porque tivemos atleta cortando caminho na volta e por falta deste tapete, não foi possível identificar a fraude.
O clima estava muito bom. Apesar de ser Novembro, ainda não estava quente e ao contrário do que ocorreu em maio, não estava ventando forte.

Meu desempenho na prova foi muito bom, corri os primeiros 5K numa média de 3'42''; uma média de 6 segundoa mais rápido que em maio. Fiz o 12º tempo na corrida, sendo parte do segundo bloco.
A transição foi relativamente, rápida. Subi na bike saí forte mas meio sozinho. Um atleta passou por mim, acompanhei um pouco e no início da subida, um pouso depois do Km2, mais dois atletas encostaram. Tentei acompanhá-los mas não consegui.
Segui sozinho até o Km6 forçando ao máximo. Entre os Kms6 e 7 um pelotão me alcançou e eu fui na roda deles até o fim da prova. O grupo estava pedalando forte e chegamos a bater 53Km/h na descida. Meu melhor pedal até agora. Definitivamente, as aulas com o Estefano me ajudaram muito.

Descemos da bike, fomos para a transição e partimos para a última parte da prova. Dessa vez não esqueci de tirar o capacete, como ocorreu em Maio.

Apesar do desgaste, estava me sentindo bem e saí forte para a parte final. Comecei os primeiros metros abaixo de 4'00''/km mas aí, as duas panturrilhas ameaçaram caimbra. Para evitar um problema, reduzí o ritmo para casa de 4'15''. Assim que comecei a me sentir bem novamente, após o primeiro Km, comecei a apertar novamente e rodar entre 4 e 4'05''; às vezes até um pouco abaixo de 4. Assim, finalizei com média 4'06''. Não tão rápido como eu gostaria, mas o mais rápido que eu consegui dentro das condições de ameaça de caimbra.

Próximo da linha de chegada, me deparei com uma situação no mínimo estranha.
Estive a prova toda de olho em um dos atletas da minha categoria, o Thiago Deolindo. Ele chegou na minha frente e Maio, me passando nos últimos Kms no pedal, e levando o primeiro lugar na categoria.
Dessa vez fiquei de olho desde o início para não perder no final novamente. Passei por ele logo no início da primeira corrida, abrindo quase 2 minutos de vantagem. Na bike, eu fiquei so segundo pelotão, a frente dele que estava no terceiro pelotão, cerca de 1 minuto atrás.
Quando estava indo para a área de transição para deixar a bike, pude vê-lo chegando para entrar na área de transição.